quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Fato!

Cortei meus cabelos
Mas não cortei os maus hábitos...
Necessária inversão!
Quero mudanças
Ação? Como falta

Estou a cada dia mais gorda e mais pobre... fato! rss..!!

Ufa...
Bjs,
Li...

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

26...

26! Em breve 27!
Pesa...
Passou o tempo
Ficaram as incertezas

Diferente do que pensava
As coisas continuam fora do lugar
Ainda não me encontrei totalmente
Nem tudo faz sentido
Nem tudo está resolvido

Sinal de que o caminho ainda não terminou
Continuo a seguir...
Que não me falte a alegria,
Que eu não perca a esperança.
Bjos,
Li...

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Direto do Meu Mundo da Lua... [2]

Não venha me pedir para não me envolver,
Não ache que eu não vá sentir nada, a não ser “o só agora”.
Principalmente, não venha me pedir que eu não deseje mais,
Que eu não sonhe...

Impossível!

Fui feita de sonhos...
Se eles desmoronam no dia seguinte,
Não se preocupe...
Deus me dá sonhos novos!

Não sei ter um pé no chão para precaver, para ter certa segurança,
Não sei viajar com um olho aberto,
Não sei ter reservas...

Prefiro juntar meus caquinhos, caso eu caia...
Prefiro chorar três noites de “dor de cotovelo”,
Do que não sonhar com o amor!
De não desejar amor...

Reciprocidade!
Meu sonho atual...

Sempre acho que vou ter mais depois,
Mesmo sabendo que não sou uma novela...
Culpa dos que muito me amam e amaram...
Permitindo a minha afeição pelos desenhos da Disney...
“Eram as coisas de meninas”.
Poderia ter sido criada gostando apenas de Jaspion,
Lutas e aventuras...
Com isso, fizeram-me ter a certeza de que realmente mereço!
Mereço a realização dos meus devaneios, aspirações...
Hoje sou convencida disso.

Sei que amar não exige reciprocidade,
Exige entrega, doação.
Se você amar e agir conforme o que espera receber,
Deixa de ser amor...


Sinceridade me faz ser mais livre...
Independente do que vão pensar ao meu respeito.

Boa Noite,

Li...

Singela Oração... Porque meu Deus é simples!


Só Deus!
Perdão Senhor se não faço a Sua santa vontade, se não sei esperar o Seu tempo, a Sua ação e intervenção em minha vida... Tu sabes Senhor q eu O amo, e quero Tê-lo sempre em meu coração e na minha vida... Ser sinal do seu amor e de Seu reino... Perdão pelos inúmeros pecados e Te agradeço por me ser acessível por Sua Santa Misericórdia.
Meu pai, por intercessão de Jesus, vos peço, q transforme esta oração em frutos de vida, de paz e de alegria!
Derrama Seu Santo Espírito e não permita que eu fico prostrada... Levanta-me, junte meus caquinhos sempre... Recomeçar sempre...
Mais amadurecida...
Mais mulher...
Mais livre e verdadeira.

Por intercessão de Nossa Senhora de Fátima,
Minha mãe querida,
Amém!

terça-feira, 27 de abril de 2010

no Meu mundo da LUA...



Sou inconstante
Mudo a toda hora...

Na verdade
Sou o acúmulo
De experiências,
De gostos,
De vida...

Sou um pouquinho
Dos meus pais,
Dos meus amigos,
Dos meus “amores”...
...
De cada um que passou por minha vida.

Sou nova todos os dias...

Renovo os sonhos.
Renovo as esperanças e,
Renovo até as promessas de dieta, rs...!

Tenho um pé no chão
E o outro flutuando por aí...
Ora aqui,
Ora “viajando” por aí...


Agora?

Estou “viajando” por aí...


Bjos,
Li...

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Mais um tanto...

...

Eu quero: que os meus sonhos se realizem... Com minha família, amigos e todos que eu amo bem pertinho...
Eu tenho: medos, muitos.

Eu gostaria de ter: a oportunidade de viajar muitoooooo... Conhecer lugares, pessoas, cheiros, culturas...
Eu gostaria de não ter: preguiça...

Eu acho: que vou começar a malhar e me dedicar a aprender a tocar violão...

Eu odeio: mentiras...

Eu sinto saudades: dos meus 5 anos... Quando dava 12h tocava uma música na rádio que conscientemente me avisava da hora... Tinha cheiro... Cheiro da minha mãe chegando em casa para preparar o almoço e me levar para o Jardim de Infância Recanto Infantil, onde eu estudava...

Eu faço: escrevo em meu caderno amarelo desde 2002... Escrevo dores, sonhos, desejos, alegrias... Escrevo para me sentir livre...

Eu fiz e não faria de novo: ouvir grosserias de pessoas que não me amaram... “Confundir civilidade com falta de amor próprio”.

Eu fazia e deixei de fazer: capoeira, muay tay, ouvir os cds da Shakira, comer coxinha na cantina da engenharia da foa...

Eu escuto: muito regaee, aprendi a gostar, como também Roberta Sá e Luiza Possi, Los Hermanos e músicas católicas como Adoração e Vida, Suely Façanha e tantas outras... Amo ouvir músicas... Eu me encontro nelas...

Eu cheiro: o “cheiro” daqueles que eu amo... Todos os dias em um abraço.

Eu imploro: por conhecer pessoas verdadeiras.

Eu pergunto-me: “quando o Botafogo será campeão?" Ou “o que Deus quer e tem pra mim?”.

Eu arrependo-me: de acreditar em mentiras.

Eu amo: Deus, meus pais, meus irmãos, meus verdadeiros amigos, minha profissão... Na verdade eu amo muito...

Eu sinto falta: da minha infância... De quando eu e meus irmãos ficávamos no trabalho dos meus pais... Eles tinham um trailer em um hospital... Equipado e comparado como a nossa segunda casa. Estudávamos próximos do trailer... Com isso, minha mãe levava a nossa merenda todos os dias lá na escola... Era tão bom esperar por ela...

Eu sempre: fui muito amada por meus pais.

Eu não fico: sem comer meu passatempo recheado, de acampar na canção nova e de lavar meus cabelos todos os dias...

Eu acredito: em Deus, na força dos recomeços, na vida que da voltas, que o sofrimento ensina...

Eu acredito nas pessoas... No melhor que cada uma pode ser e fazer... Acredito que as minhas amigas irão “desencalhar” e, que o Brasil têm jeito, ainda mais se as pessoas tratarem à política como se fosse seu time de futebol do coração...

Eu danço: sempre que posso... Muitas vezes dentro do meu quarto... Dançar tem o mesmo efeito de escrever... Deixa-me livre...

Eu canto: no chuveiro... Só no chuveiro...

Eu choro: quando estou alegre ou triste, com dor ou medo. Quando assisto a filmes... Com o meu time então.

Eu falho: muito...

Eu luto: pra ser eu mesma, mesmo quando não agrado aqueles que eu gostaria de agradar... Luto para ser melhor, para ser e ter aquilo que Deus sonhou e preparou especialmente pra mim.

Eu escrevo: para não explodir... Sou mais sincera com palavras escritas do que ditas.

Eu ganho: o presente de Deus de acordar todos os dias... e junto da minha família. Não existe presente maior que este.

Eu perco: tempo às vezes com gente que não merece, e também pensando demais.

Eu nunca: quero ser arrogante...

Eu estou: em paz em relação ao amanhã, do que será...

Eu fico feliz: quando chega o fim de semana ou quando tenho um novo livro para ler...

Eu tenho esperança: de que um dia as coisas façam mais sentido.

Eu preciso: de amor, de me sentir amada...

Eu deveria: ter minha casa, mas não resisto a todo amor que encontro em minha casa.




Eu sou: a Liliane... A Lili!... E “quem me julga pelas aparências corre o risco de nunca ver verdadeiramente o meu coração”.




Bjs,
Li...

quinta-feira, 1 de abril de 2010

par ou ímpar?



Quero continuar a partilha sobre amor, amores e tudo do gênero...

Perguntam-me o ‘porque’ estou sozinha... Bom, vou partilhar algo muito particular...

Antes, quero que saibam que quando escrevo quebro correntes e quando publicizo sinto-me livre, livre, livre e quem sabe alegro coração de mais alguém...

Sou sozinha e talvez, sendo bem trágica como sempre sou, continue assim. Não sei por quanto tempo e tem horas que nem me importo...

Costume ou medo...

Padrão social, imposição da sociedade ou vocação... Há pessoas que nasceram para ficar sozinha, mas não estou preocupada em parar para ‘analisar’ qual a minha situação... Vou caminhando, no caminho vou descobrindo...

Sabe o que é mais emocionante? Não tenho controle de nada, das alegrias, tristezas, dos choros, desse tipo de liberdade que estou tão acostumada e que desejo, da minha forma, que passe logo...

Se eu não me iludo mais depois de tantas mentiras e tristes experiências? Sim, só não sei se a palavra certa é se iludir ou sonhar... Prefiro ficar com o sonhar... Sou livre assim! E o dia em que não mais desejar e querer o melhor na minha vida é porque já estarei no céu com o meu amado Senhor... Sou feita de amor, então só posso desejar e sonhar o mesmo!

Não tenho mais pressa... Já não corro mais... Já não acredito em mentiras, espero, mas talvez a verdade até seja prejudicada por conta disso...

Já não choro pelas feridas, elas cicatrizaram! Às vezes, ainda me machucam, mas é só para me lembrar que existem pessoas que não são honestas, que dizem coisas que não sentem, que não se preocupam em entulhar de mentiras e mentiras o coração alheio, por isso a ‘dorzinha’ das feridas servem para me fazer esperar pelo melhor... Porque pessoas assim existem e muitas!


Mais um pouquinho de mim...
Bjs,
Boa Noite
Li...

sábado, 27 de março de 2010

Mercado livre??!!!??!!



Sábado estava me distraindo na Internet. Li alguns e-mails, principalmente as mensagens de Padre Pio. Estou sem muita paciência para abrir todos... Confesso! No entanto, algo me chamou a atenção, um anúncio dizia: “Encontre o amor da sua vida, a partir de R$ 69,00”. Entrei em “estado de choque” por cinco minutos. Logo pensei: ‘Da para comprar isso também?’ Nossa!
Com o avanço da tecnologia, a ciência já nos trouxe tantos benefícios que pensávamos ser impossível para o homem... Podemos ter filhos, fora o método tradicional, comprar de tudo pela rede, sem sair de casa, ou outras coisas simples e maravilhosas, como estar próximo de amigos que moram longe, como, por exemplo, na África (saudades da Aline, minha AMIGA e de toda a Família Feliz). Mas comprar relacionamento? Comprar amor?
Pensei que o amor fosse gratuito, ofertado, descoberto, cultivado e tantas outras formas e maneiras... E como nos ensinou Pe. Fábio, que amor, relacionamento requer tempo, necessita conhecer... Com isso, me dei conta, que o neoliberalismo “prendeu” até este sentimento, tornando-o mercadoria! Hoje, já podemos comprar um relacionamento!(?)...
Não quero criar polêmica e nem me tornar um “Arnaldo Jabor” (quanta pretensão... Eu não a tenho, sendo sincera ao extremo). Talvez seja esta a solução da modernidade, a era das facilidades, pois deve ser mais fácil comprar, porque ‘sendo seu’ não implica ou requer tantos cuidados, nem riscos de se revelar ao conhecimento para gostar e deixar ser gostado... Como era com os nossos brinquedos, na infância, brincávamos da forma que bem entendesse, do nosso jeito, e se pintasse o cansaço jogávamos num canto ou pedíamos para comprar um novo...
Aiiii... Achei isso tão frio, tão vazio e sem romantismo! Como não conhecer, criar vínculos, descobrir se existem mais sentimentos do que amizade?
Tudo bem! Já ouvimos muitos casos de casamento que deram certo através dos relacionamentos virtuais e até dessas empresas de relacionamento, porém, particularmente, penso que isso é tão vazio, pois não dá para comprar amor. Não faz parte da sua lógica! Não quero julgar, porque odeio hipocrisia, os falsos padrões morais, mas engana-se quem acredita que pode adquirir um verdadeiro amor assim. E não estou entrando na questão da discussão do amor real com o ideal, já passei da fase do “príncipe encantado”. Amor nasce da amizade, do conhecimento, da convivência, do esforço de conhecer e deixar se conhecer. É conhecer o que há de bom e de pior no outro e mesmo assim gostar dela...
Eu não sou nenhuma “expert” no assunto, mas não me engano! Dentro de mim há uma grande necessidade e vontade de amar e ser amada, de partilhar vida, de criar vínculos, parcerias e tantas coisas maravilhosas que o relacionamento afetivo pode proporcionar. Mas sei que tudo isso não nasce na contramão da convivência e da gratuidade. E aí está a riqueza!
Muito me entristece observar e conviver com jovens e adultos que querem de ‘primeira’ viver os frutos de uma intimidade adquirida ao longo do amadurecimento de um relacionamento, e não é só de sexo que estou dizendo. Falo do vazio da frase ‘eu te amo’, tão banalizada, e de pessoas frustradas querendo buscar no outro o que faltam dentro de si mesmas. Querem cessar a carência de amor próprio jogando para o outro a responsabilidade de amar. Daí, a outra pessoa é culpabilizada por não proporcional algo impossível de alcançar e oferecer. O mundo ta cheio de pessoas assim...
Não tenha medo de viver o tempo da descoberta... Crie! Não compre... É impossível mercantilizar o amor.
O que quero e sonho para a minha vida, desejo que aconteça na sua vida também! E o meu desejo é ser feliz a cada dia, descobrindo e conquistando os meus objetivos!
Que possamos ser presenteados com a alegria do amor!
Bjos!
Li...

sexta-feira, 19 de março de 2010

São José


Gente, hoje é o dia de São José, patrono da Igreja.
Que alegria!
Particularmente é um dia especial, pois sou devota...

Mas por que escolhi São José?

A verdade foi ele quem me escolheu...

Não me lembro o ano, mas foi em um dos encontros da equipe de prevenção da Pastoral da Sobriedade, nos Encontros com Cristo. Eu era da equipe de Servos, e a divisão dos encontristas seria por santos.

Na época estava lendo sobre as histórias de vida dos exemplos que a Igreja nos revela para nos mostrar que a santidade é possível... Daí já estava encantada com a vida deste santo, porém algo faltava, então decidi que a equipe com o santo de referência do meu grupo seria o de minha devoção...

No meu interior eu já pedia para ser São José, e para a minha alegria ele também me escolheu!

Ele é um exemplo de humildade, amor e obediência a Deus...

Me ensina a acolher, mesmo sem entender, a vontade do Senhor.


Lembrai-vos, ó puríssimo Esposo da Virgem Maria, ó meu doce São José, que jamais se ouviu dizer que alguém tivesse invocado vossa proteção, implorado vosso socorro e não fosse por vós consolado.
Com grande confiança, venho, à vossa presença, recomendar-me fervorosamente a vós. Não desprezeis a minha súplica, ó pai adotivo do redentor, mas dignai-vos acolhê-la piedosamente. Assim seja.


Valei-me São José!

Paz e Bem
Bjs

Li...

quarta-feira, 10 de março de 2010

Eu Confirmo! Saudades!

Vídeo produzido por Júlio Cesar Alves... Parabéns amigo!

Este vídeo foi produzido em 2006... Turma de Vocacionados de 2005/2006 para Canção Nova. A melhor turma...

Saudade é pouco para expressar o tempo maravilhoso q vivi ao lado de pessoas amigas e irmãs... Tempo de amadurecimento... Deus me presentou com maturidade e uma sadia convivência... Amigos para a vida toda... Crescimento pessoal e espiritual...

Fica a Saudade!!

Assistam!

video

segunda-feira, 8 de março de 2010

Exemplos!


As mulheres, especialmente as personagens bíblicas, sempre tiveram (ou causaram) um impacto muito grande em minha vida... Pudera, ter aqui também, uma imagem de Ester, personagem ímpar que expressa a beleza e grandeza de nossa categoria... Ah, e uma de Sara, da história de Sara e Tobias, motivo da minha espera feliz para a realização dos planos de Deus...
No entanto, o foco não é este... Retrato aqui a minha admiração pelo amor predileto de Deus por mulheres que souberam revolucionar no seu tempo por meio do encontro com a misericórdia. Mudaram suas vidas, buscaram a felicidade, transformaram-se e transformaram a realidade em suas voltas... Isso é lindo!
Eu quero aprender com estas belas histórias... Encontrar o sentido de ser mulher... Não me perder com falsas alegrias, falsas promessas, falsos padrões de beleza...
Parabéns para nós mulheres!

“A Esperança Não Decepciona”


Aprender a olhar para o novo.
Lançar um olhar esperançoso para a novidade do Senhor,
Que se apresenta a cada despertar.
Ele tem o Seu novo para nos dar.
“Nem olhos viram e nem ouvidos ouviram o que Deus preparou para nós!”
É promessa do Nosso Pai!
Aguardar,
Esperar,
Silenciar...
Palavras de ordem... Organização... De paz.

sexta-feira, 5 de março de 2010

Recomeçar...


Em 2007, criei aqui, um espaço só para desabafar. Na época o chamei de "Falar de Vida"... No entanto, minha inconstância me levou a excluir... Retorno hoje, após compreender o bem que fez a um amigo.

Vamos ver até quando vai durar...

Boa Noite...

Li...